Mais um final de ano e com ele as velhas metas e resoluções para o novo ano…

O que tem funcionado para mim em anos anteriores é utilizar os últimos 15 dias do mês de dezembro para planejar minhas ações para o novo ano.

Outra coisa também que tem se mostrado muito útil é definir no máximo 2 (dois) objetivos alcançáveis para cada área que considero fundamental em minha vida: família, saúde, carreira e espiritualidade.

Agindo assim, tenho evitado o problema de definir várias metas, que fatalmente não conseguimos alcançá-las e, se forem muito irreais, a frustração e o sentimento de fracasso podem nos imobilizar, diminuindo nossa auto-estima.

O interessante também é que, na medida que você vai finalizando suas metas, a confiança aumenta e crescemos juntos, passando a sonhar e desejar com coisas ainda maiores.

Enfim, fica aqui essa breve reflexão.

Existir é poesia

infinda

Com ritmo que não

se imita

Às vezes, triste

nem sempre descontente

Quase nunca atenta

Muitas vezes nem se entende

Que vida!

Cada qual que se permita

escrever-se sua própria

Rima

Hélio Andrade

O tempo passa

o barulho da mediocridade resvala

Seu ser se assenta

diluído no infinito Universo

trespassa

E você se aquieta…

Ouve agora o desespero

e não se inquieta

Contempla quieto a existência

e não tem mais pressa

Hélio Andrade

Mais um ano se inicia e, no geral, o ano de 2016 foi um ano muito bom.

Infelizmente, pela natureza da vida, não podemos extirpar totalmente as coisas ruins de nossa existência…

Houve muitas perdas: materiais, financeiras e de pessoas que amamos em 2016. Porém, creio eu, perder faz parte do existir, cabendo a nós aprendermos a lidar com tudo isso.

Continue reading

Quem anda acompanhando os posts vai perceber que estou sendo muito repetitivo.

O fato é que minha intenção ao criar este blog foi deixar registrado o que ando pensando ou vivendo, de forma que eu possa voltar e fazer uma análise posterior, ajudando também, quem sabe?, alguém a não cometer os mesmos erros.

Ao ver imagens como essa, sinto-me extremamente responsável pela vida dos meus filhos… para mim, ter filhos sem condições (como ocorreu comigo) é condená-los a uma vida de miséria… já começam em “desvantagem” nessa vida selvagem que levamos.

Pois bem, finanças e dinheiro são duas coisas que andam martelando na minha cabeça, especificamente, o fato de que não há, e não houve até o momento, na minha família a “cultura” de criar patrimônio para evitar que as próximas gerações não vivam na merda.

Continue reading

Após uma certa idade, é hilário ver como tudo se repete: pessoas jovens desejando os mesmos amores, o mesmo sucesso, os mesmos anseios, as mesmas invejas, os mesmos sonhos, os mesmos acertos, os mesmo erros, as mesmas dúvidas e tudo o mais de sempre, que mudam apenas de lugar e época…

E o desafio: não se enfadar e lutar contra a melancolia, ao menos fingindo que se está feliz, torcendo para que Deus exista de fato e tudo faça algum sentido no final das contas…

Para não deixar de postar alguma coisa por esses dias, estive pensando em como o ser humano possui um “código bugado” e na “necessidade” que temos de não sermos honestos sempre.

Uma dessas canalhices óbvias para muitos, porém, nem tão evidentes para os (idealistas) mais jovens, é a clara distinção (e favorecimento) entre as pessoas que são belas, ricas e/ou poderosas daquelas que não possuem nada disso.

Amiguinhos e amiguinhas, querendo você ou não acreditar, dinheiro, fama, poder e boa aparência contam nesse mundo! E isso vale até para os que estão dentro de uma igreja; não pense em correr para uma com a intenção de ser aceito socialmente… adicione nesse bolo a sua família também…

Observem que eu disse: “nesse mundo”. Para Deus a história é outra… ou não!

Então, não se assuste se você for preterido por aquela garota que você tanto deseja por ser pobretão ou por ter aquela cara furada de espinhas. Infelizmente, o mundo funciona assim e não adianta muito lutar contra ou dar uma de revoltado, pois só vai piorar.

Por conseguinte, penso eu, é melhor você, homem, investir em si mesmo, em desenvolvimento pessoal e profissional, do que ficar correndo atrás do vento da aprovação social.

Vista-se bem, cuide de sua saúde e trate de ganhar dinheiro por meio de capacitação profissional antes de querer mulher. Até chegar naquilo que você chama de sucesso (ou do que a “sociedade” considera ser o sucesso) você será mastigado e cuspido sem qualquer pudor, com as devidas exceções para os que vieram de famílias ricas e/ou nasceram com beleza física…

Tenho tentado ser menos carrancudo, contudo, ao perceber que já somos mais de 7 bilhões no planeta, não me vejo como uma pessoal especial, mas tão comum como a areia num deserto, que, caso não tenha nenhuma característica que se destaque, vai trilhar o tão temido lugar comum dessa vala chamada existência humana.

Em postagens futuras nos aprofundaremos nesse tema. Por hora é só.

Recebi este texto e fiquei meio encabulado… tô postando aqui para uma posterior análise sobre ele.

Os nascidos em 8 de fevereiro, com freqüência, têm capacidades mediúnicas ou projetivas altamente desenvolvidas. São, às vezes, capazes de imaginar como uma situação deveria ser e de implementar essa situação na realidade, não por intermédio da criação física, mas pelo poder da sugestão, isto é, visualizando seus desejos c de alguma forma guiando os outros nessa direção. Além disso, são capazes de ler os sinais à sua volta de maneira correta o suficiente para saberem o momento certo para sugerir um assunto ou dar um passo.

Continue reading